sexta-feira, 11 de agosto de 2017

Arroz doce ... a vencedora cá de casa


Olá a todos ...
Depois de uma longa pausa aqui no blog (em parte por falta de motivação, infelizmente), aqui estou eu de volta e trago comigo um doce bem português, que se come em qualquer altura do ano. E se este doce não é algo que adore (sou mais de aletria), a verdade é que ando sempre à procura da receita perfeita (comigo é a saga do arroz-doce, do bolo de chocolate, da tarte de maçã, ...), ou seja, aquela receita que me encha as "medidas" e que me faça querer comer sem parar. E se já existem muitas tentativas aqui no blog, hoje trago-vos mais uma mas que ficou deliciosa e super cremosa. Não sei se foi o desejo por doces ou a fome mas a verdade é que este arroz-doce desapareceu muito rápido e a verdade é que eu tive de fugir literalmente da cozinha para me esquecer dele e parar por momentos de o comer. Não sei se encontrei a receita perfeita mas se não é, estou quase, quase lá ... experimentem e vejam lá se não tenho razão. 


Ingredientes:
- 200g de arroz arbóreo (ou carolino)
- casca de 1 limão
- 1 pau de canela
- 1 pitada de sal
- água qb
- 1 litro de leite (meio gordo de preferência)
- 4 gemas
- 120g de açúcar amarelo (podem aumentar se gostarem do arroz-doce bem docinho)
- 1 pudim chinês ( o famoso pudim mandarim)
- 1 colher (sopa) de amido de milho

Preparação na Yammi:
Misture em 100ml de leite o pudim, o amido de milho e as gemas. Envolva bem e reserve.
Coloque a lâmina de mistura na Yammi. Verta no copo 900ml de água, as cascas de limão (reserve 1/4 da quantidade) e uma pitada de sal. Coloque o cesto e deite aí o arroz e o pau de canela. Programe 17 minutos na temperatura 100º, velocidade 2 (eu gosto do arroz bem cozido, se gostar dele mais crocante, programe apenas 14 minutos). Quando terminar a cozedura, retire o cesto e rejeite a água.
Volte a montar o copo, coloque o arroz com o pau de canela, as cascas de limão reservadas, os 900ml de leite e o açúcar. Programe 17 minutos, temperatura 100º, velocidade 1. Quando faltar 12 minutos para terminar, verta pelo bucal, a mistura de leite reservada e deixe acabar de cozinhar. 
Quando estiver pronto (vai ficar com um pouco de líquido), verta para uma travessa funda e deixe arrefecer. Decore com canela e sirva.

Preparação tradicional:
Misture em 100ml de leite o pudim, o amido de milho e as gemas. Envolva bem e reserve.
Leve ao lume um tacho com o arroz, cerca de 3 medidas (do arroz) de água, as cascas de limão, o pau de canela e uma pitada de sal. Deixe cozinhar até que o arroz coza bem. 
Quando o arroz estiver no ponto de cozedura pretendido, acrescente os 900ml de leite e o açúcar. Vá mexendo de vez em quando para não pegar ao fundo do tacho e quando o leite começar a evaporar, acrescente em fio a mistura de leite reservada e deixe acabar de cozinhar. 
Quando estiver pronto (vai ficar com um pouco de líquido), verta para uma travessa funda e deixe arrefecer. Decore com canela e sirva.


quarta-feira, 2 de agosto de 2017

Bolo mármore ... vindo da Roménia até nós


Eu sou uma gulosa assumida, gosto de tudo um pouco mas são os bolos caseiros, daqueles bem simples para se comer ao lanche ou pequeno-almoço, que me fazem mais suspirar. E de todos os bolos que existem, são sempre os de chocolate que me deixam mais feliz, especialmente se tiverem aquele gostinho amargo típico do cacau. 
Isto para dizer que quando vi este bolo num dos livros cá de casa, fiquei logo com vontade de o testar. Não porque fosse um bolo diferente mas sim por ser um bolo tão conhecido dos portugueses (quem não conhece o bolo mármore da nossa infância). E o mais engraçado é que o autor da receita, romeno da Transilvânia, também diz ser o seu bolo da infância, o que me leva a pensar que na realidade vivemos mesmo num mundo pequeno, cheio de culturas diferentes mas com tanto em comum entre elas.


Ingredientes:
- 5 ovos
- 200g de farinha com fermento
- 150g de açúcar amarelo
- 1 colher (chá) de açúcar baunilhado
- 2 colheres (sopa) de cacau em pó
- 4 colheres (sopa) de óleo
- 3 colheres (sopa) de leite

Separe as gemas das claras. Bata as claras em castelo e quando estiverem firmes, junte gradualmente os açúcares até obter um merengue brilhante. 
Misture as gemas com o óleo e o leite. Com uma espátula envolva esta mistura delicadamente no merengue até obter um preparado fofo. Por fim, envolva a farinha peneirada com cuidado. Divida o preparado em duas partes iguais e a uma delas junte o cacau. 
Prepare uma forma de bolo inglês, untando com manteiga e polvilhando com farinha. Verta a massa branca e por cima dessa coloque a massa escura. Se quiser mexa ligeiramente com um palito para que as massas se misturem um pouco (eu não fiz).  Leve a assar no forno pré-aquecido a 180ºC durante 40 a 45 minutos (faça o teste do palito para confirmar). Desenforme e decore com açúcar em pó depois de frio, se quiser.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...