quinta-feira, 18 de outubro de 2018

Empadão de couve com carne "a la Cluj"


Depois de muitas semanas sem viajar, eis que volto com mais uma viagem pelos sabores deste mundo ainda tão desconhecido. E preparem as bagagens porque temos de andar um pouco até chegar à ... Roménia. Eu sei que as minhas últimas viagens têm sido até lá mas a verdade é que esta cozinha tem me suscitado imensa curiosidade por ser tão desconhecida para mim (também ajudou ter o irmão a dar sugestões sobre os pratos que lá provou e adorou). Com isto, levo-vos então até à cidade natal deste prato, a cidade de Cluj, uma das mais importantes da Transilvânia especialmente a nível da gastronomia tradicional romena. Repleta de tradições e variedade gastronómica, é no entanto este empadão de carne e arroz conhecido como "varza a la Cluj" que mais encontramos em todos os restaurantes. Diferente dos pratos portugueses, este empadão conjuga o arroz com a carne e a couve (principal ingrediente), tornando o prato muito saboroso e bastante saciante, que aconselho a experimentarem já que tem um confecção bem simples, faz-se rápido e são ingredientes que geralmente todos têm casa. Espero que gostem tanto como eu ... 




Receita adaptada do livro "Transylvanian cookbook", de Florin Muresan's, pág.66
Ingredientes:
- 1 couve coração ou branca média
- 300g de carne de vaca picada
- 300g de carne de porco picada
- 1 cebola grande picada
- 1 copo de arroz para risotto (250ml)
- 400ml de polpa de tomate (na receita original eram 600ml)
- 500ml de sour cream (ou natas misturadas com sumo de limão)
- 1 colher (chá) de pimentão doce
- 1 pitada de tomilho seco
- 2 folhas de louro
- um fio de azeite
- sal e pimenta

Leve ao lume uma frigideira com a cebola e um fio de azeite. Refogue até que esta fique translúcida. Acrescente a carne, o pimentão doce e 200ml de polpa de tomate. Deixe refogar um pouco até que a carne ganhe cor. Nessa altura, acrescente o arroz (previamente lavado) e duas medidas (do arroz) de água. Tempere com sal e pimenta e envolva bem. Deixe cozinhar em lume médio durante cerca de 20 minutos, mexendo de vez em quando. Se vir que é necessário, acrescente um pouco mais de água.
Entretanto, corte a couve em juliana bem fina e refogue-a numa frigideira (em lume brando) com um fio de azeite até que esta esteja cozida (cerca de 15 minutos). A meio da cozedura, acrescente uma pitada de tomilho e as folhas de louro.
Pré-aqueça o forno a 200ºC.
Depois de ter os dois preparados prontos, unte ligeiramente com azeite um tabuleiro fundo que possa ir ao forno e à mesa (eu retiro o excesso de gordura com uma folha de papel de cozinha). Coloque metade da couve no fundo do tabuleiro, depois metade do preparado de carne, novamente a couve e a restante carne. Por fim, espalhe a restante polpa de tomate de forma homogénea e cerca de 350ml de sourcream. Leve ao forno durante cerca de 30 a 40 minutos até que se forme uma crosta ligeiramente dourada. 
Sirva de seguida, acompanhado com o restante sour cream polvilhado com cebolinho fresco picado. Se quiser, pode também servir com uma salada mista como acompanhamento.


terça-feira, 16 de outubro de 2018

Brioche de maçã e canela


Se existe produto que adoro é o pão. Seja doce ou salgado, simples ou com recheio, desde que seja pão eu simplesmente me delicio. E como eu, sei que existem inúmeras pessoas por este mundo fora com esta paixão também, não fosse o pão estar associado a todas as culturas gastronómicas.
Por essa razão, hoje não poderia publicar outra receita que não uma que me deixou (e a quem a provou) muito feliz, já que hoje é o dia do World Bread Day 2018, um evento que junta "padeiros" de todo o mundo numa mesa extraordinária onde o pão é rei. E como participação neste maravilhoso evento, levo comigo este brioche de maçã e canela, que combina o sabor fresco da fruta com o quente das especiarias, levando-nos automaticamente para o outono. Espero que gostem da minha sugestão e convido-vos a vir ver o desfile mundial desta iguaria comigo aqui ...




Ingredientes:
- 250ml de leite
- 12g de fermento de padeiro fresco
- 500g de farinha
- 1 colher (sopa) de açúcar
- 50g de margarina
- 1 colher (chá) mal cheia de sal

Para finalizar:
- ovo para pincelar
- compota de maçã (receita aqui)
- canela em pó
- 3 maçãs descascadas em fatias finas

Comece por dissolver o fermento de padeiro no leite. Junte todos os ingredientes e amasse até obter uma massa elástica e que não se grude nas mãos. Deixe levedar até duplicar o volume. (eu uso a máquina de fazer pão no programa amassar e levedar)
Passado esse tempo, retire a massa para uma bancada enfarinhada e estique até obter um rectangulo grande. Espalhe a compota por toda a massa, depois coloque as fatias de maçã e polvilhe a gosto com canela em pó. Enrole e coloque num tabuleiro forrado com papel vegetal. Dê uns cortes na superfície do pão e deixe levedar mais 30 minutos. Pincele com o ovo batido e leve ao forno a 200º, durante cerca de 20 minutos ou até dourar (não deixar cozer demais para o pão ficar fofinho). Deixe arrefecer sobre uma grelha e corte apenas quando arrefecer. Caso goste, pode polvilhar com açúcar em pó.

segunda-feira, 15 de outubro de 2018

Bolo de iogurte, limão e mel


Domingo é sempre sinónimo de bolo cá em casa. À excepção dos dias extremamente quentes, nunca deixo de fazer algo simples e que dê para os lanches ao longo da semana. Por isso, todas as semanas procuro encontrar algo diferente para fazer (vá lá, muitas vezes acabo a repetir os que são muito elogiados). E desta vez, depois de uma procura por receitas com limão, encontrei várias onde o mel era utilizado como complemento para o tão adorado citrino. Juntando várias receitas, saiu mais um bolo que todos adoraram por aqui, muito rápido de se fazer (perfeito para fazer com os miúdos) e com um sabor já a lembrar o outono. Perfeito para acompanhar um chá quente ou frio, espero que gostem tanto como eu ...



  
Ingredientes:
- 250g de farinha com fermento
- 150g de açúcar
- 2 ovos
- 150ml de leite (uso magro)
- raspa de 1 limão grande
- 1 iogurte natural

Pré-aqueça o forno a 180ºC. Unte uma forma redonda (sem buraco) com manteiga e polvilhe com farinha. 
Numa taça misture os ingredientes secos. Junte os restantes ingredientes e bata bem até que fique uma mistura homogénea e com algumas bolhas. Verta o preparado para a forma e leve a cozer cerca de 40 minutos (faça o teste do palito e retire quando este sair seco).
Desenforme para o prato de servir, pique toda a superfície e verta a calda ainda quente (eu não uso toda, reservo sempre um pouco para usar na hora de servir).

Para a calda:
- sumo de 1 limão grande
- 2 colheres (sopa) mal cheias de mel (uso de rosmaninho)
- 3 colheres (sopa) mal cheias de açúcar
- coco ralado tostado

Para a calda, leve ao lume o limão, o açúcar e o mel. Quando levantar fervura, diminua para o mínimo e deixe ferver cerca de 3 minutos. Retire e verta sobre o bolo.
Entretanto, leve ao lume uma frigideira e toste o coco ralado, apenas até dourar ligeiramente, mexendo sempre. Decore a superfície do bolo com ele.


segunda-feira, 1 de outubro de 2018

Feijoada de camarão com chouriço


Antes de mais, desculpem a foto mas não se conseguiu melhor desta vez ...
Quanto à receita em si, posso dizer-vos que adoro este prato. Como fã de feijão que sou, as feijoadas sempre foram algo que gosto de fazer, variam-se os ingredientes e temos um prato novo. Desta vez, juntei o camarão com o chouriço e saiu um prato delicioso que fez as nossas delícias num destes dias. espero que gostem ...   

Ingredientes:
- 1 lata de feijão vermelho cozido grande
- 400g de camarão
- 1 cenoura em rodelas finas
- 1/2 cebola picada
- 1 folha de louro
- 1/2 chouriço de carne
- 4 delícias do mar
- 2 folhas de louro 
- polpa de tomate qb
- vinho branco qb 
- sal, pimenta e pimentão doce qb
- azeite qb
- salsa fresca picada qb

Comece por preparar um caldo para a feijoada. Retire as cascas do camarão. Coloque-as num tacho com um pouco de água e tempere com uma folha de louro, sal e pimenta. Deixe cozinhar cerca de 15 minutos, triture e coe. Reserve.
Faça um refogado com a cebola, o restante louro e o azeite. Junte a cenoura em rodelas finas e o chouriço em rodelas. Cozinhe cerca de 2 minutos, mexendo de vez em quando. Tempere com a polpa de tomate, o vinho e o pimentão doce. Deixe apurar um pouco, junte os camarões e um pouco do caldo reservado. Quando o camarão estiver quase cozido, acrescente o feijão e as delícias do mar em cubos, junte o picante e rectifique os temperos, se necessário. Deixe apurar um pouco e sirva polvilhado com salsa picada. Acompanhe com arroz branco.


sexta-feira, 28 de setembro de 2018

Mousse rápida de limão


Quantas vezes queremos uma sobremesa mas o tempo parece conspirar contra nós? Comigo isso acontece inúmeras vezes e nessas alturas acabo sempre por recorrer a sobremesas "instantâneas" como esta que hoje vos trago. Uma mousse que pode ser preparada em 5 minutos e nunca nos deixa ficar mal. Espero que gostem ...


Ingredientes:
- lemon curd qb (para a receita clique AQUI)
- 200ml de natas*
- bolacha picada grosseiramente (usei digestiva)
- 2 colheres (sopa) de açúcar

Comece por bater as natas com o açúcar até obter um chantilly firme. Adicione cerca de 2 colheres (sopa) de lemon curd e bata mais um pouco para incorporar. 
Em tacinhas individuais coloque camadas alternadas de bolacha picada e creme de natas (a última camada deve ser de creme de natas). Finalize com mais um pouco de lemon curd (cerca de 1 colher de chá) e decore com bolacha picada, rodelas de limão e hortelã. Sirva bem fresco.

* para uma versão mais saudável podem substituir as natas por iogurte grego.


quarta-feira, 26 de setembro de 2018

Iced tea de limão caseiro ... uma bebida saudável


Os dias continuam quentes e nem parece que já estamos no outono e a caminho de outubro. Se não fossem as noites começarem bem mais cedo e se sentir uma pequena neblina matinal, diria que estávamos ainda no verão. E se temos temperaturas bem altas por todo o país, aqui neste meu cantinho à beira-mar, elas rondam a casa dos 25ºC,  o que torna os dias completamente agradáveis.
Por isso, gelados e bebidas frescas continuam a fazer parte do nosso dia-a-dia e hoje resolvi partilhar convosco a bebida que mais consumimos por aqui ... o chá gelado de limão (mais conhecido por iced tea). Simples, barato e saudável, é a escolha perfeita para quem quer variar da água. 

Ingredientes:
- 1 litro de água a ferver
- 1 litro de água fria
- 2 saquetas de chá preto (eu uso o english breakfast)
- 1 limão grande ou 2 pequenos
- 1 colher (sopa) de açúcar amarelo (convém provar, pode precisar de mais de for guloso)

Comece por cortar o limão em rodelas finas e colocar num jarro. Junte o açúcar, as saquetas de chá e a água a ferver. Deixe descansar cerca de 30 minutos, retire as saquetas de chá e acrescente a água fria (neste passo, quando tenho pressa substituo uma parte da água fria por cubos de gelo). Depois de frio, coloque no frigorífico até à hora de servir. Sirva bem fresco.  


terça-feira, 25 de setembro de 2018

Carne de porco à alentejana


Hoje é dia 25 e com isso chegou mais um desafio "a cozinhar com...", sendo este mês a contemplada Ana G. Neves, autora do blogue Recanto com tempero. Depois de alguma pesquisa pelo seu blogue, foi na culinária nacional que me prendi e quem a conhece sabe bem o porquê.
A culinária portuguesa é rica em sabores e existem pratos que simplesmente adoro. E hoje trago comigo um dos pratos que mais gosto ... carne de porco à alentejana, uma receita que comemos muito cá em casa e que ainda não tinha publicado no blogue. Espero que gostem ...



Ingredientes:
- 700g de carne de porco (rojões)
- 3 dentes de alho
- 2 folhas de louro
- 2dl de vinho branco
- um fio pequeno de azeite q.b.
- 2 colheres (sopa) de pimentão doce
- 400g de amêijoas (uso congeladas)
- sal e pimenta qb
- cerca de 700g de batatas
- pickles qb (usei só pepinos)
- azeitonas qb
- salsa fresca picada qb

Disponha a carne cortada aos bocados numa bacia, tempere-a com os dentes de alho picados, o vinho branco, as folhas de louro, o pimentão, o sal e o piripiri. Envolva e deixe marinar (pelo menos 2 horas para tomar bem o gosto). Demolhe as amêijoas em água tépida para perderem a areia.
Entretanto, descasque e corte as batatas aos cubos. Lave-as, escorra-as bem e leve-as a fritar em óleo (eu uso a airfryer, utilizando apenas 1 colher (sopa) de óleo). Depois retire as batatas e deixa-as escorrer bem sobre papel absorvente de cozinha. Reserve.
Aqueça o azeite num tacho, junte a carne escorrida e deixe corar (mexendo de vez em quando). Adicione a marinada e se necessário um pouco de água. Deixe cozinhar. Quando a carne estiver macia, junte as amêijoas e deixe cozinhar mais um pouco até estas abrirem. Rectifique os temperos e retire do lume. Junte as batatas e envolva com cuidado.
Sirva de seguida com os pickles e as azeitonas, polvilhando com salsa picada.



Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...