terça-feira, 17 de novembro de 2015

Lombinho de porco com açorda

 
Eu sou uma fã de carne, disso não tenho dúvida e esta receita, embora bem simples e com poucos ingredientes, fez as delícias de todos nós cá em casa. No entanto, embora possa parecer impossível, não foi o lombinho de porco (considerado o filé mignon do bicho) que sobressaiu neste prato mas sim o acompanhamento, que embora simples, teve um toque diferente e que nos surpreendeu pela positiva. Se puderem, experimentem e dêem a vossa opinião ...

Ingredientes (para 3 pessoas):
- 1 lombinho e meio de porco
- sal, pimenta e alecrim
- 2 dentes de alho
- vinho branco qb (usei cerca de 4 colheres de sopa)
- vinho do porto qb (usei cerca de 2 colheres de sopa)
- azeite qb

- pão qb (usei 4 carcaças)
- 1 caldo de carne
- alhos picados qb (usei 3 dentes de alho)
- colorau, sal e pimenta qb
- azeite qb

Cortar os lombinhos em fatias e temperar com sal e pimenta. Numa frigideira, levar ao lume o azeite, alhos esmagados e um raminho de alecrim. Juntar a carne e deixar ganhar cor de ambos os lados. Juntar o vinho branco e o vinho do porto e deixar acabar de cozinhar e o molho reduzir um pouco.
Entretanto, preparar a açorda. Levar ao lume um pouco de água (o suficiente para demolhar bem o pão) com um caldo de carne e uma pitada de pimenta. Cortar o pão em pedaços pequenos e verter uma porção desta água quente sobre ele, desfazendo-o. 
Levar um tacho ao lume com o azeite e os alhos picados finamente. Deixar refogar (cuidado para não queimar), juntar o pão, o colorau e mexer até obter a consistência desejada (pode juntar um pouco mais de água se gostar da açorda mais fluída). Rectificar os temperos, se necessário, e servir de seguida.    


* O colorau utilizado foi comprado em Espanha e foi o toque especial nesta açorda, garantindo-lhe um sabor "fumado" muito bom. Aconselho a quem tiver a oportunidade de ir até Espanha, comprar o pimentão doce deles que nada tem a ver com o nosso, de sabor e cheiro muito característico, é uma mais valia para certos pratos como foi o caso desta açorda :)


14 comentários:

  1. Respostas
    1. E soube-nos mesmo bem :) receita a repetir mais vezes ...

      Eliminar
  2. Domingo fui às compras e estava tentada a trazer lombinho. Depois acabei por me decidir pelo entrecosto! Acho que já me arrependi! Beijinhos

    ResponderEliminar
  3. Amo açorda já desde a minha infância que não como já tenho saudades e este teu pratinho me deixou salivando, amiga eu já sou tua seguidora e não é só de hoje gostoso dobrei trabalho aqui apresentado parabéns , bjs

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Está na hora de voltares a comer, não se pode estar muito tempo sem comer uma bela açorda e, modéstia à parte, está estava mesmo boa :)

      Eliminar
  4. Amo açorda! Ficou com um aspecto mesmo bom!
    Nina
    https://www.facebook.com/cantinhodapartilha/
    http://cantinho-da-partilha.blogspot.pt

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Já somos duas, volta e meia sai cá em casa uma açorda, ora como acompanhamento, ora como prato principal :)

      Eliminar
  5. Bela refeição!
    Beijinhos,
    http://sudelicia.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Carla, embora eu fuja das carnes vermelhas (por conselho do médico) iria adorar esse prato! Adoro açorda e comprei em Espanha pimentão doce simples e outro picante. Ambos são deliciosos e eu uso muito.
    Ontem assei 3 lombinhos de porco para os 12 que vieram jantar!!! Comi!(Sobrou um quase inteiro porque 4 eram crianças pequenas!...)
    Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. O pimentão que tenho é o simples e apareceu cá em casa quando a minha mãe teimou com a minha madrinha (vive na galiza) que o colorau era igual em todo o lado. Ela trouxe-nos a prova de que a minha mãe estava enganada e, sinceramente, ainda bem que assim foi :)

      Eliminar

Obrigado pela visita, se gostou deixe o seu comentário ou faça "like".
Volte sempre que quiser :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...