terça-feira, 12 de janeiro de 2016

Como congelar lacticínios e ovos

Quem nunca teve produtos a acabar a validade e a acabar no lixo? 
Quem nunca teve uma emergência e ficou sem forma de gastar certos produtos?
Quem nunca deixou de comprar algo por ter uma embalagem grande e ter a noção de que não iria conseguir acabar com a embalagem toda?

Acredito que todos nós já passamos pelo menos por uma destas situações. E o post de hoje vai procurar responder a algumas questões que me têm vindo a colocar nos últimos tempos e procurar rentabilizar as compras, não desperdiçando ...

imagem retirada da net

Produtos como leite, manteiga e ovos têm tendência a estragar-se facilmente e pior, podem nos causar uma intoxicação alimentar num instante (e eu que diga quando comi uma tortilha no shopping). Mas não é necessário chegar a esse ponto.

Numa das minhas últimas viagens (marcada uma semana antes da partida e com 15 dias de estadia) fiquei com imensos ovos no frigorífico provenientes de uma promoção, queijos variados e um pacote de leite aberto. A verdade é que deitar tudo isto para o lixo não era uma opção e como tal, entra aqui a fabulosa técnica de congelação. Deixo-vos aqui a forma como congelo alguns alimentos que, até hoje nunca obtive problemas, desde que sejam congelados dentro da validade:

- leite: o leite congela bem mas deve ser congelado já em doses. O único problema é a sua consistência depois de descongelado, que não fica completamente igual (fica a 90%). No entanto, serve muito bem para usar em receitas doces e salgadas. Eu uso principalmente em pão e bolos ou panquecas.

- manteiga: por norma a manteiga conserva-se muito bem no frigorífico, mesmo depois de aberta. Mas a que eu costumo congelar e que me tem garantido umas entradas rápidas é a manteiga de alho caseira que por norma, faço em quantidade e congelo por doses. Quando quero é só descongelar e fica óptima barrada em pão acabado de torrar.

- queijos: todos os queijos de pasta dura congelam muito bem, sejam em pedaços ou ralado. Quanto aos queijos frescos e requeijão ainda não experimentei.

- natas: produtos confeccionados com natas congelam bem mas quando se trata de natas simples ainda não testei mas acredito que não percam qualidade.

- ovos: os ovos congelam muito bem mas temos de ter alguns cuidados. Para congelar ovos inteiros, temos de os misturar primeiro com um garfo e adicionar uma pitada de açúcar ou sal consoante seja para ser usado numa preparação doce ou salgada. As claras congelam-se assim simples, apenas tendo o cuidado de congelar por doses. Em relação às gemas, devemos misturá-las com um garfo e adicional sal ou açúcar ás gemas para não ganharem uma consistência gelatinosa. Por cada três gemas junto uma colher de café de sal ou 2 colheres de chá de açúcar. 

Para finalizar, devemos descongelar qualquer um destes produtos de um dia para o outro no frigorífico. O único que descongelo à temperatura ambiente é a manteiga de alho.

Qualquer dúvida digam e espero que estas dicas sejam utéis para vocês :)

20 comentários:

  1. confesso que não gosto de congelar derivados de leite!

    Bjxxx

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não tenho por hábito congelar mas quando a necessidade aperta, lá vai ...

      Eliminar
  2. Raramente tenho necessidade de congelar leite e/ou derivados, mas de facto já aconteceu. Detesto desperdícios e congelar é uma excelente opção. Beijinhos

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Aqui também é raro acontecer. O leite foi mesmo uma única vez (a que falei), já queijo e manteiga de alho faço várias vezes porque quando abro um pacote de queijo ralado, raramente o consumo todo e desde que ganhou bolor uma vez eu disse "nunca mais" :)

      Eliminar
  3. Boas dicas, claras já há muito que congelo mas gemas nunca o fiz! Queijo também é hábito congelar os restantes derivados do leite nunca experimentei, mas agora já fiquei a saber que também dá. :)
    --
    O diário da Inês | Facebook | Instagram

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. É sempre bom termos a noção que podemos congelar para uma emergência (é que elas surgem quando menos esperamos). Quanto às gemas eu sempre estive receosa em experimentar mas como correu bem, já fiz diversas vezes, tendo apenas o cuidado de as congelar já a pensar numa determinada receita :)

      Eliminar
  4. Dicas excelentes e muito pertinentes. Gostei. Nunca congelei leite.
    Olhe Carla, respondi ao seu comentário das equivalências na yammy do gratinado de frango. Espero a ter ajudado. Bjinhos!!

    Tânia Tiago
    Bimby & Sabores da Vida

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Obrigado Tânia, basicamente tem apenas a ver com a lâmina de corte ou mistura e não os tempos como eu pensava. Mais uma vez obrigada :)

      Eliminar
  5. Olha, que excelentes dicas,....congelo claras há muito tempo, agora ovos inteiros fiquei parva,....obrigada pela partilha!
    Beijinhos,
    Espero por ti em:
    http://strawberrycandymoreira.blogspot.pt/
    www.facebook.com/omeurefugioculinario

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Não tens de quê Mary, qualquer dúvida é só dizeres :)

      Eliminar
  6. Gostei imenso das dicas!
    Adoro o blog :)

    http://fiftyshadesofpink.blogs.sapo.pt/

    ResponderEliminar
  7. Boas dicas.

    Isabel Sá
    http://brilhos-da-moda.blogspot.pt

    ResponderEliminar
  8. Olá Carla, confesso que a única coisa que congelo são as claras, de resto mete-me imensa confusão congelar lacticínios e derivados e acho (se a memória não me falha) que nunca o fiz. Mas são boas dicas e que podem ser úteis quando precisar. Não fazia ideia da colher de sal ou açúcar... Beijinhos***

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também era assim, só congelava claras. Mas a necessidade de gastar rapidamente fez-me ter de perceber qual a melhor forma de não desperdiçar e a congelação foi mesmo a solução. Confesso que o que mais congelo são mesmo claras, gemas (quando não sei o que fazer com elas ou estão a aproximar-se do fim de validade), queijo e manteiga de alho. Os restantes, só mesmo por necessidade extrema :)

      Eliminar
  9. Excelentes dicas. Vou segui-las!
    Beijinhos
    elisaumarapariganormal.blogspot.com

    ResponderEliminar
  10. Boas dicas! Algumas já uso, mas não com grande frequência. :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Eu também não uso muito (a não ser mesmo as claras e o queijo ralado) mas em caso de emergência, é sempre bom saber que os produtos não vão acabar no lixo :)

      Eliminar

Obrigado pela visita, se gostou deixe o seu comentário ou faça "like".
Volte sempre que quiser :)

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...